CURSO DE FORMAÇÃO AUDITOR QUALIDADE - APLICADA A IND. ALIMENTÍCIA

DURAÇÃO: 16 horas

Objetivo :

Capacitar o participante em uma das principais atividades do sistema de Gestão da Qualidade, baseado nas normas ISO, propiciando a tomada de ações corretivas ou preventivas a partir de não conformidades detectadas tendo como base a sistemática de Boas Práticas de Fabricação.

Destina-se :

Gerentes, Chefes, Supervisores, Líderes de Projetos e Técnicos ligados à Qualidade / Produtividade.

Metodologia :

Aula expositiva para explicação dos conceitos com foco na execução de vários exercícios práticos e dinâmicas com o grupo inclusive com estudo de situações considerando a realidade da fábrica.

Programa :

– Definição de Auditoria – Objetivos da Auditoria – Classificação das Auditorias – Perfil do Auditor – O Auditor e a Condução da Auditoria – Auditorias da Qualidade como Instrumentos de Melhoria Contínua – Discussão sobre a realidade da fábrica – Boas Práticas de Fabricação (BPF) no contexto da Fábrica – Planejamento das Auditorias dentro do Sistema da Qualidade já implantado – Auditoria das BFQ e Sistema da Qualidade – Integração Operação/Manutenção (equipes de melhoria). O sistema da qualidade em indústrias de alimentos além de formalizar processos de produção e estabilizar produtos, leva à maior segurança do produto e por conseqüência do consumidor. Além disso, a implantação e gestão de sistemas da qualidade em indústrias de alimentos focados em melhoria contínua reduzem custos de produção, perdas por retrabalho e produtos e queixas de consumidores. Após a implantação do sistema da qualidade este deve ser retroalimentado por auditorias que não só verificam se a documentação está sendo corretamente preenchida como também verifica possíveis lacunas e melhorias a serem realizadas. Como a produção de produtos é processo dinâmico e mutável, alterações de lay-out, de formulação, de ingredientes, de máquinas, etc. devem ser contempladas e atualizadas no escopo do sistema da qualidade. O auditor neste contexto tem papel fundamental para levantamento de necessidades, adequação do processo a novas realidades e treinamento do pessoal de operação/manutenção. O auditor não pode ser visto de forma negativa ou como um “entrave” na produção e deve agir pró ativamente buscando melhorias e trabalho cooperativo. Dentre deste conceito e considerando a realidade da(s) fábrica(s) o treinamento para formação de auditores da qualidade visa não só formá-los como auditores, mas também desenvolver posturas e direcioná-los em uma atuação de parceria interna.

Apresentador(es) :

SANDRA MUNTZ VAZ

Doutora em Química - USP /SP, Mestra em Química USP-SP, Pós-Graduada em Administração Industrial - Fundação Vanzolini -USP e Graduação em Química Industrial - USP /SP. Exp. profissional – 12 anos em Indústria Alimentícia de Grande Porte (Nestlé), nas áreas de Gerenciamento de Laboratório de Garantia da Qualidade, Processo de Fabricação (Manufatura), Desenvolvimento de Processos; Coordenação de Treinamento Operacional e Gestão. Coordenação de Projetos de implantação de Sistemas da Qualidade e Certificação de Fornecedores.