CURSO DE RACIONALIZAÇÃO INDUSTRIAL DIRIGIDO A RESULTADOS

DURAÇÃO: 16 horas

Objetivo :

Proporcionar aos participantes conceitos e técnicas que os habilitem a desenvolver, coordenar e participar de programas redutores de custos de processos industriais bem como conscientizá-los sobre a necessidade da visão sistêmica voltada à aumentar a competitividade da empresa no mercado aliado à otimização dos benefícios para as organizações dos seus clientes.

Destina-se :

Profissionais atuantes na indústria, ligados à produção, manufatura, materiais, planejamento e logística/suprimentos.

Metodologia :

Exposição de modelos teóricos de gestão, apoiado na apresentação de exemplos vivenciados através da experiência do palestrante, e com efetiva atuação dos participantes em trabalhos práticos e estudos de casos durante o curso visando estimular a aplicação dos conceitos transmitidos em seus locais de trabalho.

Programa :

Os fatores de mudança do Ambiente Competitivo; As Influências das mudanças tecnológicas nos processos industriais; Os requisitos da competitividade: Qualidade, Flexibilidade, Velocidade, Confiabilidade, Atendimento e Custos; A Formação da Estrutura dos Custos Industriais; O Trabalho em Equipe, Empowerment, Produtividade; O Método de Trabalho e a sua Medição; Tipos de Sistemas de Planejamento e de Controle da Produção; A Administração da Cadeia de Suprimentos; Layout Industrial. Tipos e Características. O Just-in-time (JIT), Filosofia ou Técnica, Práticas da Administração Japonesa, Objetivos e Elementos do JIT, Atitudes esperadas com a Implantação do JIT; O Sistema kanban (administração da produção por cartão), Características do Sistema Kanban, Passos para a Implantação do Sistema Kanban, A importância do 5S na Implantação do Sistema Kanban, Regras para o funcionamento do Sistema Kanban, O Painel Kanban, O Sistema Puxar versus Empurrar; O Programa de Melhoramento Contínuo (Kaizen), Filosofia ou Técnica, O Kaizen e o Controle da Qualidade Total (TQC), As Fases para a Implantação do Programa Kaizen; O Sistema de Troca Rápida de Ferramentas (SMED), Filosofia ou Técnica, O SMED como Ferramenta para a Redução dos Custos; Theory of Constraints (TOC), Objetivos e Características; · A Aplicação Sistêmica do JIT,kanban, kaizen e SMED como ferramentas para a Implantação de Sistemas de Lean Thinking, 6 Sigma e TPM (Total Productivity Maintenance).

Apresentador(es) :

HAJIME FUJII

Mestrando em Engenharia de Produção (USP), Engº de Produção (USP), Pos-Graduado em Administração (FGV) e Engº de Segurança (Saúde Pública da USP). Exp. profissional - 34 anos em Gestão de Manufatura em indústrias, nas áreas de Produção, Engª Industrial, Logística, Suprimentos e Materiais, assim como nos Serviços de Consultoria de Gestão de Manufatura. Atividade Acadêmica - Professor da Escola de Engª de Produção – UNIP, Professor de Planej. Progr. e Controle de Produção de Pós-Graduação da Fundação Carlos A. Vanzolini – USP, Professor de Adm. Industrial de Pós Graduação da PUC –SP, Professor do Curso de Pós Graduação de Engª e Adm.da UNIP, Professor de Cursos de Especialização de PPCP da FIESP e Professor de Produtividade e PPCP da Fundação Instituto da Administração.